Notice: wpdb::prepare foi chamada incorrectamente. A consulta não contém o número correcto de placeholders (2) para o número de argumentos passados (3). Por favor veja Depuração no WordPress para mais informações. (Esta mensagem foi adicionada na versão 4.8.3.) in /home/ondapura/public_html/wp-includes/functions.php on line 4139
Justin Mujica e Joana Rocha vencem primeira etapa do Campeonato Nacional de Surf - Onda Pura

 

 

Justin Mujica e Joana Rocha vencem primeira etapa do Campeonato Nacional de Surf

Praia Internacional, Porto (10.05.2009) –

O luso-venezuelano Justin Mujica, campeão nacional de surf em 1999 e um dos portugueses em maior destaque no circuito mundial de surf WQS durante os últimos anos, venceu o TMN Pro, a primeira etapa do Campeonato Nacional de Surf Open deste ano, que hoje terminou, na Praia Internacional, no Porto, em frente ao Edifício Transparente.

Com ondas de 0,5m a 1m, bem formadas, Justin foi sempre um dos destaques ao longo do dia, mostrando um nível de surf muito elevado e uma velocidade incrível nas manobras, deixando Alexandre Ferreira em segundo lugar na etapa, depois de uma óptima prestação ao longo da prova, marcando assim também o seu regresso a um bom momento de forma.

"Estou muito contente com este regresso ao nacional, pois estive um pouco afastado durante os últimos anos," comentou o vencedor. "Quero aproveitar para agradecer o convite da ANS e dar os parabéns à organização da prova, que esteve fantástica. Dentro de água, tive de honrar o convite e mostrar o que sei fazer, mas não foi fácil, pois os adversários estiveram à altura. Se não coincidirem com etapas do circuito mundial, este  ano vou voltar a fazer o Campeonato Nacional, seguramente," disse ainda Mujica.

Mas se Justin e "Xaninho," atletas mais experientes, acabaram por ocupar os lugares cimeiros da etapa, o TMN Pro vai ficar para a história do surf nacional como a prova onde a nova geração se afirmou de vez.

Isto porque o terceiro e o quarto lugar foram para dois surfistas muito jovens, que pela primeira vez alcançaram uma final open de um Campeonato Nacional, Vasco Ribeiro e José Ferreira, respectivamente, de 14 e 16 anos, que prometem ser dois dos atletas júniores a dar algumas dores de cabeça aos mais velhos em 09.

Embora sejam apontados como potenciais campeões nacionais, esta foi a primeira vez que chegaram tão longe numa prova de séniores, apesar de já contarem com alguns títulos nos júniores. Vasco, de 14 anos, bateu mesmo o recorde nacional para o atleta mais jovem a estar presente numa final open, que antes pertencia a Tiago Pires (actualmente a competir na primeira divisão do surf mundial, o World Tour), então com 16 anos.

Hoje, nas meias-finais, ficaram ainda atletas como Edgar Nozes, Nuno Silva, Ariano Marques (no seu melhor resultado de sempre também) e João Guedes, que apesar de estar a jogar em casa, de contar com um forte apoio do muito público e de ter feito a melhor onda do campeonato na fase anterior (9,67 em 10 possíveis), não conseguiu encontrar uma segunda onda boa no seu heat, que lhe permitisse avançar para a final.

Na prova feminina, Joana Rocha, ex-campeã nacional júnior e vice-campeã nacional sénior durante três anos consecutivos, voltou às vitórias, após um 2008 para esquecer, agravado pela recuperação de uma lesão. No TMN Pro, Joana destacou-se numa final muito equilibrada (apenas 3 décimas de ponto separaram as três primeiras), graças a uma onda de 7.33 em 10 possíveis, deixando a campeã nacional de 07, Francisca Pereira dos Santos, em segundo lugar, e outras duas estreantes em finais deste nível, Maria Abecassis e Raquel Sampaio, respectivamente em terceiro e quarto lugar.

"Finalmente!" disse Joana. "Já nem me lembro da última vez que ganhei uma etapa do Nacional. Esta foi uma final de alto nível e agora sinto que compensou o treino todo que tenho feito, bem como o facto de ter vindo para o Porto uns dias mais cedo, para me ambientar às ondas. Estou muito satisfeita!" comentou ainda a vencedora, que dedicou a vitória aos amigos António, Cristina e Diana Gama.

Carina Duarte, a jovem campeã nacional em título, ficou-se pelas meias-finais, em 5º lugar, a par de Mariana Leite e á frente de Mariana Macedo e Joana Machado, as 7ª classificadas ex-aequo.

A Mazda Expression Session foi vencida por Tomás Valente, que já tinha chegado aos quartos de final na prova principal, e Miguel Blanco conquistou o prémio A Vida é Bela, para o atleta mais jovem em competição.

"Foi perfeito!" comentou Marcelo Martins, da organização. "Fizemos tudo para proporcionar boas condições a todos os intervenientes e fomos compensados com boas ondas, bom tempo, muita gente a assistir e um grande espectáculo dentro de água. Até os timings foram certeiros e os deuses estiveram connosco, pois só começou a chover depois da entrega de prémios! Agora voltamos a ver-nos no Ocean Spirit, em Santa Cruz, onde também vamos organizar a segunda etapa deste Campeonato, o Rip Curl Pro, integrada no maior festival de desportos de ondas do mundo," concluiu.

O TMN Pro é uma organização da Onda Pura, com os patrocínios da TMN, da Deeply, da Autosueco/Mazda, Superbock, Caixa Agrícola, Redbull, SPO, Take Off Surf Travel, Nobrinde, Milaneza e Hotel Star Inn e os apoios da Câmara Muncipal do Porto, Porto Lazer, Federação Portuguesa de Surf, Associação Nacional de Surfistas, Surf Total, Zona Radical, Sport TV, RTP 2 e Rádio Nova Era.

Facebook Twitter Google+ Pinterest Email Addthis

Outros Programas


Notice: Undefined variable: service_type in /home/ondapura/public_html/wp-content/themes/ondapura/single-event.php on line 89